Terça-feira, 4 de Novembro de 2008
Adornada em riqueza a avenida se estende ao longe.

 

Adornada em riqueza a avenida se estende ao longe.
Defronte aos arranha-céus, propagandas, correria.
O tempo é curto, os movimentos ensurdecem.
Nem um toque, nem um beijo
Eu só passo e nada vejo.
Meus sonhos parecem cinéreos.
Sentada, esperando o ônibus que não passa,
Eu ouço ao longe o som do címbalo que o vento traz.
Algum poeta canta ao longe, alheio ao mundo que se enterra às suas costas
Alheio ao derradeiro das riquezas vulgares.
 
Inspiração: Avenida Paulista e coleção de moedas
Casa das Rosas – Rascunhos Poéticos 02.11.2008

 



publicado por oriona às 12:43
link do post | comentar | favorito
|

6 comentários:
De M.Luísa Adães a 4 de Novembro de 2008 às 15:24
ORIONA

Relembro a Avª. Paulista, coração e pulmão da Grande Metrópole com lápide inserida no "Trianon".
O tempo é curto na Cidade que não dorme
Os arranha-céus sobem ao cimo
E não vislumbram a lápide que diz:
"- Coração e pulmão - da cidade de São Paulo".
Mas poetas cantam ... longe, muito longe
Aqui em Portuga e em São Paulo.

Poema nostálgico - como tu - mas bom, muito bom!

Maria Luísa


De Trovador a 8 de Novembro de 2008 às 15:22
Muito bom texto, como sempre ma cheri!

Queria eu conhecer alguma dia a avenida paulista.

conheço de nome, claro e da TV, mas pra mim é como uma artista fomasa

Um dia conhecerei [;

Beijoos ma cheri, saudades!


De Cöllyßry a 8 de Novembro de 2008 às 19:00
Oi querida, a vida é isso mesmo, uma correria onde os arranha-cáus a visão tapa...

Beijitos ternos


De M.Luísa Adães a 16 de Novembro de 2008 às 11:11
oriona

Continuo esperando os teus escritos; que se passa contigo? Viajas, ou foges? Ou o trabalho é muito?
De repente, desaparece a criatura de encanto que
"Tu és" ! ... Volta sempre!

Bºs.

Maria Luísa


De jpcfilho a 17 de Novembro de 2008 às 21:00
Olá Oriona, ao longe sons dos címbalos trazidos pelos ventos, canções de poetas, feitas para ti.
beijos
João Costa Filho


De M.Luísa Adães a 29 de Novembro de 2008 às 10:40
Oriona

Então ficamos por aqui; o poeta escreve o que sente
e vais mais longe, escreve o sentir dos outros ...

Espero que a tua saúde esteja bem e aguardo o teu
dizer, ao meu dizer ... E até breve! A partir do princípio de Dezº. vou estar ausente. Bom ano!

Com carinho, desejo felicidades,

maria Luísa


Comentar post

.mais sobre mim

SPECTRUM

.Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
27
28
29
30

31


.posts recentes

. Aprender (reaprender)

. Coração Noturno

. Feliz Ano Novo

. Deturpar

. ...

. Mestre - 27 de Outubro de...

. Espelho de tua alma

. The stories of Meden and ...

. Deus é Pai [poema] - Padr...

. Sonho

.arquivos

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Maio 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Julho 2007

.links
.pesquisar
 
blogs SAPO
.subscrever feeds